quarta-feira, agosto 18, 2010

FUNDAMENTOS FILOSÓFICOS DA EDUCAÇÃO

Prova online da Katu

1. OBSERVE.

  • Kant expôs suas idéias sobre a educação nas Aulas sobre Pedagogia. Nelas, defende que o homem é o único ser vivo que pode e deve ser educado. Acredita na diferenciação das práticas pedagógicas conforme a idade do educando. Tem a instrução como um processo de socialização e a formação cultural como um processo de moldagem.

    Sobre essa proposição, é correto afirmar que o ideal pedagógico de Kant assemelha-se:

  •  ao ideal pedagógico romano, somado às teses de Espinosa.
  •  ao ideal pedagógico grego, enriquecido com as teses de Rosseau.
  •  ao ideal pedagógico aristotélico, desenvolvido por Marx.
  •  ao ideal pedagógico latino, enriquecido com os conhecimentos de Platão.

2. NO CONTEXTO DO RENASCIMENTO,

  • alguns pensadores teorizaram quanto ao método que deveria ser seguido para se ter a garantia de que o conhecimento era verdadeiro ou não. A respeito disso, analise as afirmativas a seguir.

    I. Francis Bacon seguiu o caminho da experiência.
    II. René Descartes defendeu a idéia de que a razão é o instrumento principal para obter-se a garantia do conhecimento da verdade.
    III. Immanuel Kant preferiu seguir as idéias aristotélicas sobre o conhecimento da verdade.

    De acordo com as afirmativas acima, assinale a alternativa correta.
  •  As afirmativas I e II estão corretas.
  •  A afirmativa III está correta.
  •  A afirmativa I está correta.
  •  As afirmativas II e III estão corretas.

3. AUGUSTO COMTE É CONSIDERADO O PRINCIPAL REPRESENTANTE DO POSITIVISMO.

  • Ele procurou explicar a evolução das sociedades pela chamada Lei dos Três Estados. Esses estados, colocados em ordem, são:

  •  o teológico, o mítico e o subjetivo.
  •  o teológico, o metafísico e o subjetivo.
  •  o teológico, o metafísico e o positivo.
  •  o mítico, o científico e o positivo.

4. NIETZSCHE FEZ DURAS CRÍTICAS AO PROJETO CURRICULAR DE SUA ÉPOCA.

  • Dizia que um ensino de História voltado pura e simplesmente para os fatos do passado não contribuía em coisa alguma para a formação da cidadania do povo. Sendo assim, pode-se dizer que Nietzsche:

  •  considerava a História menos importante que a Filosofia, mas útil para a cidadania.
  •  detestava o ensino que não vivifica e o saber que esmorece a atividade vital do ser humano.
  •  valorizava a história de vida e as potencialidades do espírito humano.
  •  desejava erradicar o ensino dos fatos do passado e apenas ensinar a viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!

Postagem em destaque

Entre em contato e peça um orçamento!.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...