domingo, novembro 24, 2013

NOVA MATÉRIA NO BLOG.

TEORIA E PRÁTICA DA INSPEÇÃO ESCOLAR
Parte superior do formulário
1. A gestão, valorizada socialmente e entendida como facilitadora de um processo em constante mudança, exige um novo gestor, sendo ele

·          um educador que tenha a administração voltada exclusivamente ao aspecto pedagógico, desvinculada de concepções administrativas.
·          centralizador, capaz de resolver todos os conflitos organizacionais e de comandar os trabalhadores de maneira inflexível e disciplinada.
·          um educador articulador, promotor da participação ativa de todos, que privilegie o aperfeiçoamento constante da escola nos aspectos educacional e empresarial.
·          um líder que tenha a capacidade de influenciar o corpo escolar, que recebe e pratica as normas nos aspectos educacionais estabelecidas pelo gestor.
Parte inferior do formulário
Parte superior do formulário
2. Segundo Bordignon, o perfil do gestor escolar deve conciliar duas dimensões essenciais da própria proposta educacional: a técnica e a política. A qual

·          conhecimento para perceber e projetar os movimentos da realidade, com domínio dialético de resolução de conflitos nas relações interpessoais, considerando as especificidades, e coordenando o trabalho da instituição para atingir sua finalidade.
·          sensibilidade para estabelecer laços relacionais entre a equipe tecnopedagógica, mediando e resolvendo os conflitos interpessoais, considerando as intenções da instituição, e coordenando o potencial da equipe para atingir sua meta educacional.
·          sensibilidade para perceber e antever todos os movimentos da realidade, capacidade dialética de negociação de conflitos nas relações interpessoais, considerar as diferenças individuais, coordenar o potencial da instituição para atingir sua finalidade e cumprir o seu papel social.
·          estudo e análise dos movimentos da realidade, capacidade dialética de resolução de conflitos, considerando os interesses da sociedade e da gestão, e coordenando o trabalho na instituição para atingir sua finalidade.
Parte inferior do formulário
Parte superior do formulário
3. Do gestor escolar da modernidade exige-se um outro perfil, uma vez que a relação interpessoal faz parte do processo de transformação da gestão. Assim,

·          planejar, organizar e avaliar, ser líder, comunicativo, aberto às quebras de paradigmas e ao pioneirismo de novas criações.
·          planejar, organizar, executar e avaliar de acordo com o projeto político-pedagógico da instituição escolar.
·          planejar, organizar e avaliar de acordo com a legislação educacional vigente e com as diretrizes constantes do projeto político-pedagógico.

·          conduzir o trabalho administrativo e pedagógico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!

Postagem em destaque

Entre em contato e peça um orçamento!.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...