segunda-feira, agosto 25, 2014

Minha experiência na 23ª BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE SÃO PAULO


Ontem dia 28 de Agosto de 2014, fui a 23ª BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE SÃO PAULO, quem me conhece sabe que fui nas últimas 4 edições e sempre recomendo pois até aqui foi um grandioso evento, onde pude desfrutar de cultura, entretenimento e lazer, além de poder comprar livros a preços mais acessíveis e descobrir novos materiais para usarmos na área de educação.

Olha a alegria da pessoa as 8:00 da manhã!

Aqui vou tentar ser o mais justa possível, por isso também eu optei por só fazer este "post" hoje depois de descansar e chegar do meu trabalho.

Bom então vamos ao que interessa.

Vou começar pela organização. Sinceramente nem sei o que dizer, pois está SIMPLESMENTE não existiu neste domingo. Eu cheguei ao ANHEMBI por volta das 9:40 min. da manhã do domingo, até estacionarmos o carro tudo normal, afinal tinha muita gente mas já era de sê esperar em um evento deste PORTE.

O primeiro desafio era descobrir onde trocar os bilhetes, se credenciar, ou seja, achar um meio de entrar.
Eu havia me cadastrado como BLOGUEIRA porém meu blog NÃO FOI APROVADO!. Aí eu me pergunto um blog como este voltado a Educação não poder entrar... algo já soava esquisito... e vocês entenderão meu ponto de vista.

Após rodarmos por aproximadamente 30 minutos nós ACHAMOS a bilheteria que é do lado oposto ao estacionamento, então se você for já fica a dica, e digo "achamos" pois não encontramos nenhum PROFISSIONAL para nos informar (embora tivesse uns 10 seguranças rodeados por um mar de pessoas, também perdidas como nós...), minha gente... pensem em uma bilheteria BIZARRA realmente ela não estava cheia mas era um baita caracol que você tinha que percorrer uns 10 minutos para ter o acesso a compra dos bilhetes, fiquei me perguntando o por que daquilo com tanto guichê???? ALGUÉM ME EXPLICA. A pessoa que teve essa ideia com certeza não teve infância, só pode ser...  e meu esposo ainda disse que parecíamos ratos de laboratório no labirinto.

Após comprarmos eu digo COMPRARMOS as entradas pois fui com meu esposo que tinha entrada grátis por ser professor da rede estadual e minha cunhada que é da rede municipal entraram gratuitamente, como eu não consegui a entrada de blogueira tive que comprar a meia entrada (até aí sem problemas), pois achava que teria um experiência digna e pagar seria válido.

Mas eu não fazia ideia do que me esperava fui até a possível entrada da BIENAL e o que achei foi uma fila em caracol que dava voltas e mais voltas e ninguém sabia onde era o começo e o fim, lá também  encontramos um segurança de camisa branca, calça preta e cabelos grisalhos extremamente IGNORANTE que só sabia dizer que estava lá desde as 7:00 horas da manhã (me pergunto por que o infeliz não ficou em casa, se era para estar lá de tão mau humor porque ele não deixou a vaga para alguém que teria alegria em trabalhar...), além de berrar para as pessoas correrem para entrar, pois a essa altura a entrada já havia sido liberada, eu perguntei onde a fila começava e ele disse que tínhamos que nos virar e ir pra fila que NÃO ERA PRA FURAR NÃO (alou!!! eu só queria uma informação.) enquanto eu achava a fila com meu cunhado, meu esposo fazia o credenciamento de professor, AÍ EU PERGUNTO POR QUE DAR ENTRADA GRATUITA AO PROFESSOR, se ele não pode levar seu acompanhante?  Não seria mais coerente deixar entrar até dois acompanhantes pagantes pois do contrário não há vantagem em professor ter entrada gratuita e livre já que realmente não tinha fila para eles, se ele terá que acompanhar esposa e filhos na fila normal, pois não vejo lógica nisso. Eu levo minha mãe ou meu esposo e fico esperando na fila do mesmo jeito.

Abaixo algumas fotos depois da metade do tempo que levei para entrar na bienal. 

e filas e mais filas...



Mas voltando a fila (é minha gente aconteceu muita coisa até entrarmos) ficamos mais de 1 hora em uma fila, que não nos levava a lugar nenhum, faltou funcionários para organizarem a fila, isso é erro primário já que até show de METAL é mais organizado, um exemplo foi o show do IROM MAIDEN no SAMBÓDROMO que foi super tranquilo e organizado. Além do fato da FILA QUE ESTAVA DANDO VOLTAS ERA O DESRESPEITO A IDOSOS, CRIANÇAS DE COLO, todas essas pessoas ao léu no sol sem rumo, FORA QUE ATÉ ESSE MOMENTO eu como consumidora me senti extremamente desrespeitada já que eu estava pagando a entrada e nem um bebedor tinha a nossa disposição. ORGANIZAÇÃO TERRÍVEL.

Bom a alegria de poder entrar depois de quase ter que fazer uma manifestação com direito a empurra, empurra conseguimos entrar, lógico que furei a fila (eu acho... já que ninguém sabia onde começava e onde terminava, além delas se unirem em alguns pontos... caos define!), e não demorou muito para a decepção ser completa, os estandes mais legais tinham filas de uma hora só para entrar, fora a fila para pagamento, meu esposo entrou no estande da COMPANHIA DAS LETRAS, e ficou 1:45 min para realizar a compra, ele só gastou uns 30 min. para a escolha dos livros.

Muitas editora não foram a BIENAL, não havia tantas opções como das últimas vezes e sem falar que para nos PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO, ela deixou de ser atrativa já que a maior venda era de BEST SELLERS, mangá, livros infanto juvenis, foi aí que entendi o por que de um blog como o meu voltado a ACADÊMICOS, sejam professores, alunos e curiosos com mais de 400 seguidores, mais de 3000 acessos por dia não pode ser aprovado na BIENAL, a ORGANIZAÇÃO da BIENAL do livro quer o público jovem já que os adolescentes e pré adolescentes estão vivendo uma "moda“ da leitura trazida pela série CREPÚSCULO, WALKING DEAD, GAME OF TRONES entre outras e isso não é ruim de forma alguma, porém... economicamente falando esse público gasta mais, pois eles usam leituras que se descartam, diferentemente de um livro acadêmico que pode ser usado por anos e é bem mais caro!. 

Não estou criticando o publico estou criticando que este ano a Bienal parece que foi um evento TEEN inclusive em sua ORGANIZAÇÃO.

Até chego a pensar que tenha excelentes apresentações e entrevistados mas com essa organização, tudo ficou cinza aos meus olhos, eu vi o ZIRALDO por lá disseram que teria Mauricio de Souza, mas as senhas para estes acessos era uma várzea, então nada feito, claro que como sou BRASILEIRA e não DESISTO nunca e JÁ estava lá mesmo tentei a medida do possível aproveitar.
.


Mas como alguém envolvida com a Educação, ou simplesmente como uma consumidora me senti desrespeitada. E NÃO, NÃO RECOMENDO A VISITA!.

Eu fiquei lá até as 16:00 HORAS e nada se compara as outras edições!.

Pela internet podemos ver diversas reclamações, espero que a organização corrija a tempo, se é que dá tempo.

Não sei como serão os próximos dias, mas se alguém for deixe seu comentário com sua experiencia.


Abraços galera e até a próxima!.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!

Postagem em destaque

Entre em contato e peça um orçamento!.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...