segunda-feira, março 27, 2017

FUNDAMENTOS ECONÔMICOS DA EDUCAÇÃO




 Leia o texto.


[...] uma cidade benfeita seria aquela na qual os cidadãos fossem alimentados pelo trabalho rural de seus escravos e deixassem os ofícios para a gentalha: a vida "virtuosa", de um homem de qualidade, deve ser "ociosa." [...] Apenas esses homens ociosos correspondem moralmente ao ideal humano e merecem ser cidadãos por inteiro.
(VEYNE, Paul. História da Vida Privada. v. 1, p. 124-125)

A partir dessa visão, podemos afirmar que

as elites gregas se dedicavam plenamente à política e às artes porque eram ociosas e não precisavam dedicar-se ao trabalho rural e aos ofícios, devido à disseminação da escravidão. [CORRETA] 
o modo de produção escravista não impedia o acesso à política, às artes, à filosofia e aos esportes.
todas as pessoas de diferentes camadas sociais eram consideradas cidadãos na democracia direta grega.
a ociosidade era mal vista no mundo antigo, pois os ofícios eram valorizados socialmente.

2. Podemos afirmar, sobre as recomendações gerais das agências de desenvolvimento para a educação, que

o tipo de saber recomendado pelas indústrias refere-se, unicamente, ao saber científico, despreocupado com a prática imediata.
as agências estão interessadas num sistema de ensino que se baseia na prática diária e na solução dos problemas que apareçam no imediato, seja na vida ou no trabalho. [CORRETA] 
as agências defendem um ensino que não se preocupa com a prática.
há a recomendação para a formação de habilidades específicas, que garantam o conhecimento bem aprofundado dos processos produtivos.


3. Uma das principais consequências do fordismo keynesiano para a educação foi

I. o reforço da dualidade na educação, com escolas diferenciadas: uma para aqueles que irão pensar, conceber os processos produtivos, e outra para aqueles que vão apenas executar as tarefas pensadas pelos primeiros.
II. a facilitação do acesso aos trabalhadores não qualificados.
III. a redução da intervenção do Estado na economia.

De acordo com as afirmações, assinale a alternativa correta.

Apenas as afirmativas II e III são as corretas.
Apenas a afirmativa II é a correta.
Apenas as afirmativas I e II são as corretas.
Apenas a afirmativa I é a correta. CORRETA 

4.  A categoria de análise denominada modo de produção é
a forma como a sociedade organiza os "fatores de produção" para produzir os bens de que necessita para sobreviver e se reproduzir. CORRETA
a análise dialética entre a infraestrutura econômico-social e a superestrutura jurídico-política.
uma categoria meramente econômica para explicar a não mutabilidade das estruturas políticas e sociais em diferentes épocas e lugares.
a compreensão filosófica de que o pensamento determina o ser social. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!

Postagem em destaque

Entre em contato e peça um orçamento!.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...