segunda-feira, novembro 20, 2017

Colabore diariamente conosco!.

👉👉👉👉👊👊👊👊São apenas alguns cliques!.


FUNDAMENTOS HISTÓRICOS, FILOSÓFICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

Colaboração de colegas!
Ajude a aumentar nosso material enviando suas atividades e provas, desta forma mais conteúdo para estudo será disponibilizado.

[Atividade 01]

Pergunta 1 / 2.5

Disserte sobre a herança socrática no pensamento platônico.

Sua Resposta:

Platão, que na juventude tornou-se discípulo de Sócrates, viu nos ensinamentos do mestre, elementos que o fizera questionar a educação aristocrática que recebera e os males da sociedade ateniense de sua época.
A busca pela verdade e pela razão, pontos importantes do pensamento socrático, definirão a rota utilizado por Platão em seus diálogos, ao indicar um caminho para uma educação e um Estado virtuosos.
Essa educação política (educação para a vida na pólis) era um dos objetivos de Sócrates que Platão também irá buscar.
A forma como Platão escreveu obras como O Banquete e A República, através de diálogos, não deixa de ser uma influência socrática, uma vez que este buscava, através do diálogo, extrair de seu interlocutor o conhecimento que estava dentro dele e precisava vir à luz, método esse denominado maiêutica.

Resposta esperada: O ponto central dessa análise sobre o pensamento platônico refere-se à tentativa de encontrar uma solução para o problema do conhecimento. A filosofia platônica se delineia a partir da tentativa de encontrar solução para o problema do conhecimento.



Pergunta 2 / 2.5
0 essay_question   229

Como Platão concebe os ideais de homem virtuoso e de Estado justo? Quais as implicações desses ideais para a concepção platônica de Paideia Justa?

Sua Resposta:
O homem virtuoso, para Platão, seria aquele que conseguisse, através do uso da razão, caminho para a verdade, dominar os vícios e a alma colérica. Ele ilustra que a alma concupiscente está ligada ao corpo no baixo ventre, assim como a alma colérica está ligada ao tronco/coração e a alma racional está ligada à cabeça. Cabe a esta última conduzir, através da sabedoria e da coragem e prudência, o indivíduo para chegar à condição de homem virtuoso.

Essa mesma ideia se vinculará à política na tentativa de conceber um Estado justo. Esse Estado seria formado pelos artesãos, que deveriam desenvolver a temperança. Os guardiões, além da temperança, também deveriam buscar desenvolver a coragem e a prudência, qualidades essenciais para a atividade guerreira. Caberia, por último, aos governantes, a cabeça da pólis, desenvolver a sabedoria e a razão para serem aplicadas no bem público.
A construção de um Estado justo, por homens virtuosos, notadamente guiada pela sabedoria e razão, seria alcançada por uma Paidéia justa, modelo de educação que recusaria a base nas poesias épicas e procuraria pavimentar um novo caminho pautado no domínio da palavra e da razão como valores de conhecimento, almejando assim, formar bons cidadãos e bons governantes.
Resposta esperada: Trata-se de comentar sobre a teoria da alma (psyché), na qual a pedagogia se fundamenta, e o ideal de homem vigoroso a ser almejado por ela, a reforma moral e política de Atenas, que requer uma redefinição de Justiça, e, por fim, os desafios éticos e políticos. Um ponto a se destacar é que a justiça, para Platão, precisa ter o olhar reeducado por meio do Bem, o Bom, o Belo e o Justo. Outro ponto é a ideia de Estado justo, que precisa da reforma da cultura e educação de seu tempo.



Pergunta 3 / 2.5

Estabeleça algumas relações entre a alegoria da caverna e o programa educativo platônico. Dê um exemplo de como a alegoria da caverna poderia estar presente em algumas situações educativas nos dias de hoje.

Sua Resposta:

A alegoria da caverna ilustra a ideia educativa de Platão, cujo objetivo seria tirar o indivíduo da posição em que só vê as sombras e não conhece o real, a verdade e levá-lo a um novo lugar, no qual possa contemplar a realidade e permanecer buscando a verdade, libertando-se da escuridão e chegando à luz, através do conhecimento.
Esse caminho até a verdade é dramático e doloroso, mas inevitável, assim como o caminho da ignorância ao conhecimento também requer esforço e sacrifícios. É quase como um parto, uma conversão para uma nova vida.
Tal alegoria pode ser representada, por exemplo, em um aluno de alfabetização da EJA (Educação para Jovens e Adultos), que mergulhado nas sombras do analfabetismo, passa a vislumbrar novos caminhos e novas possibilidades ao aprender a dominar a leitura e a escrita e se liberta da caverna rumo ao novo, através da sabedoria e da razão. Esse processo é difícil e penoso, assim como é para o homem que sai da caverna, mas recompensador e transformador.

Resposta esperada: Tal alegoria se inicia com a descrição de prisioneiros em uma caverna. Presos totalmente, só enxergam as suas sombras projetadas. Se os prisioneiros saíssem e experimentassem, por exemplo, olhar de outras maneiras e levantar hipóteses, seria o olhar do pensamento do mundo. A alegoria também associa a sua teoria do conhecimento e pressupõe a formação interior compreendida pelo ideal de Paideia Justa. Pode-se dar como exemplo as possibilidades de novas metodologias que estimulam o pensar, o conhecimento e a resolução de problemas.


Pergunta 4 / 2.5
0 essay_question   231

Qual a provável diferença entre o pensamento platônico e o pensamento socrático no que se refere às suas concepções pedagógicas? Explique.

Sua Resposta:

Sócrates, na busca constante do conhecimento, por ser este algo sempre inacabado, não se via como um mestre ou professor, ideia bastante evidenciada quando disse: "conhece-te a ti mesmo" e "Sei que nada sei". Ele inclusive era um forte opositor dos sofistas, "mestres" que cobravam para ensinar técnicas de retórica, essenciais para a atividade política.Platão, por outro lado, entendia que os filósofos são os verdadeiros mestres dos demais homens e do Estado. Esses filósofos trazem dentro de si um conhecimento que os credencia para ser o modelo a ser seguido e os mediadores entre a sabedoria, a razão e os discípulos que as almejam.Os discípulos, no entender de Platão, devem admirar o filósofo enquanto sábio e seguir seus ensinamentos, aplicando-os ao bem público.
O pensamento platônico prescrevia preparar a percepção das crianças e dos jovens para que acompanhassem o raciocínio científico e o conhecimento matemático e das ciências. Sócrates não se coloca como professor que ensina um conhecimento pronto e acabado, mas aparece com mundo interior, enquanto uma pedagogia da razão. Seria esse um dos pontos que poderiam ser explorados.

sábado, novembro 18, 2017

EDUCAÇÃO E SAÚDE


Pergunta 1
0,25 em 0,25 pontos
Falar de ______________implica levar em conta, por exemplo, a qualidade do ar que se respira, o consumismo desenfreado e a miséria, a degradação social e a desnutrição, formas de inserção das diferentes parcelas da população no mundo do trabalho, estilos de vida pessoal. (Adaptado de Parâmetros Curriculares Nacionais: Temas Transversais. Brasília: MEC/SEF, 1998. P. 28)
Assinale a alternativa que preenche, de forma CORRETA, a lacuna:
Resposta Selecionada:
c.Saúde

Pergunta 2
0,25 em 0,25 pontos
Na Constituição, a saúde é um direito do cidadão que deve ser garantido por:
I - políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos;
II - ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para a promoção, proteção e recuperação;
III – garantia de moradia adequada através da distribuição de casas pelos governos estaduais.
Resposta Selecionada:
d.I e II estão corretos

Pergunta 3
0,25 em 0,25 pontos
A finalidade da avaliação é ajudar os educadores a planejar a continuidade de seu trabalho, ajustando-o ao processo de seus alunos, buscando oferecer-lhes condições de superar obstáculos e desenvolver o autoconhecimento e a autonomia. Nesse sentido:
I. Capacidades como dialogar, participar e cooperar devem ser cobradas nas provas.
II. Capacidades como dialogar, participar e cooperar são conquistas feitas paulatinamente.
III. A organização dos conteúdos em torno de projetos favorece a compreensão da multiplicidade de aspectos que compõem a realidade.
É correto o que se afirma em:
Resposta Selecionada:
e. II e III estão corretos

Pergunta 4
0,25 em 0,25 pontos
A finalidade do trabalho educacional com os temas transversais é:
Desenvolver uma formação na qual seja permitido ao educando confrontar questões de abrangência nacional.
Permitir que os alunos possam desenvolver a capacidade de posicionar-se diante das questões que interferem na vida coletiva.
Contribuir para que o aluno supere a indiferença e possa intervir de forma responsável.
É correto o que se afirma em:
Resposta Selecionada: e. I, II e III estão corretos

terça-feira, novembro 14, 2017

VEM, VEM!


Educação e Inclusão Social - Aula 03 - Marcos jurídicos e conceituais

GESTÃO AMBIENTAL E RESPONSABILIDADE SOCIAL

PERGUNTA 1 LETRA B
Leia atentamente as seguintes afirmações:
I O documento sobre desenvolvimento sustentável voltado ao meio empresarial e intitulado “Mudando o rumo: uma perspectiva global do empresariado para o desenvolvimento e o meio ambiente”, defende que o progresso em direção ao desenvolvimento sustentável é um bom negócio, pois cria vantagens competitivas e novas oportunidades.
II O conceito de desenvolvimento sustentável, no meio empresarial, foi muito bem recebido e hoje todas as organizações assumiram essa forma mais eficiente de gestão.
III Nas organizações, o desenvolvimento sustentável é apresentado sob três dimensões: social, ambiental e econômica.
É VERDADEIRO o que se afirma em
a.
II, apenas.
b.
I e III, apenas.
c.
I, apenas.
d.
I, II e III.
e.
II e III, apenas.
0,2 pontos Salva


PERGUNTA 2 LETRA C
Foi um dos acontecimentos mais importantes sobre a questão ambiental e o desenvolvimento, vinculando estreitamente a economia e ecologia e estabelecendo o eixo em torno do qual se deve discutir o desenvolvimento, formalizando o conceito de desenvolvimento sustentável.
Trata-se
a.
da publicação do livro Os limites do crescimento, de 1972.
b.
da Comissão Mundial sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (CMMAD), formada em 1983.
c.
do informe Brundtland, da Comissão Mundial sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (CMMAD), ou Nosso futuro comum, de 1987.
d.
do Relatório do Painel das Mudanças Climáticas, de 2007.
e.
da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, ou Cúpula da Terra, ocorrida em 1992.
0,2 pontos Salva

PERGUNTA 3 LETRA C
A Organização das Nações Unidas (ONU), em 1987, em seu relatório intitulado Nosso futuro comum, definiu os principais objetivos de políticas ambientais e de desenvolvimento, os quais derivados desse conceito e que são os seguintes, EXCETO:
a.
Manter um nível populacional sustentável.
b.
Atender às necessidades humanas essenciais de emprego, alimentação, energia, água e saneamento.
c.
Utilizar os recursos naturais, sem mudar a qualidade do crescimento, intensificando o uso de matérias-primas e energia para ampliar o desenvolvimento econômico.
d.
Retomar o crescimento como condição necessária para erradicar a pobreza.
e.
Incluir o meio ambiente e a economia no processo decisório.
0,2 pontos Salva

PERGUNTA 4 LETRA C
Considerando o conceito de desenvolvimento sustentável, leia atentamente as seguintes afirmações, assinalando V para VERDADEIRO ou F para FALSO:
I A expressão “desenvolvimento sustentável” ainda é pouco empregada e restrita ao meio científico.
II Na vinculação entre o desenvolvimento e o meio ambiente é que faz surgir um novo conceito denominado desenvolvimento sustentável.
III Embora haja um crescimento perceptível na direção da sustentabilidade, está ainda muito focada no ambiente interno das organizações, voltada principalmente a processos e produtos.
IV Do ponto de vista da sustentabilidade, as empresas devem deixar de lado a parte econômica, de modo que o único foco deve ser o meio ambiente e a responsabilidade social.
As afirmações I, II, III e IV são, RESPECTIVAMENTE:
a.
V, F, V, F.
b.
V, V, F, F.
c.
F, V, V, F.
d.
V, F, F, V.
e.
F, F, V, V.

TDAH no Fantastico

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...